Empreender na Música

4 dicas para fazer a assessoria de imprensa da sua banda

Você já ouviu falar sobre a importância de ter uma assessoria de imprensa? Certamente, se a sua banda for antenada nos caminhos possíveis para que ela dê certo no mercado, você já deparou com a informação de que isso é preciso para impulsionar sua carreira.

De forma geral, a assessoria de imprensa é uma prática destinada a fazer com que uma pessoa ou empresa apareça nas principais mídias do país e com isso ganhe maior notoriedade e relevância.  

O fato é que no cenário autoral do Brasil, devido a vários fatores, as circunstâncias de investimento são escassas — isso já sabemos. Pensando nisso, separamos 4 dicas para lhe ajudar a realizar a sua assessoria de imprensa de forma assertiva, sem ter que contratar um profissional. Confira:

1. Faça um mailing de mídias que combinem com seu trabalho

Fazer um mailing de mídias significa listar todos os veículos de mídia, online ou offline, que você queira divulgar seu trabalho — pode ser em uma planilha do excel, para ficar mais organizado.

Agora que você já sabe quais mídias deseja entrar em contato, corra atrás de completar informações como “responsável, contato, endereço”. Uma ótima forma de encontrar informações detalhadas sobre isso é fazendo uma pesquisa pelo linkedin. Tendo isso em mãos, já é possível passar para a dica número 2.

2.Escreva bem sobre sua banda de forma direta

Essa dica é muito importante e vai ditar em muito o sucesso do seu trabalho na imprensa. O conselho que eu dou é encontrar alguém da banda que seja bom em escrever ou pelo menos alguém próximo que se expresse bem pela escrita e possa fazer isso para vocês.

Um erro recorrente das bandas é achar que contar uma história em detalhes, de como os músicos se conheceram, pode aumentar as chances de você conseguir a divulgação. Isso não é verdade. Se coloque no lugar dos profissionais de uma grande mídia: quantos e-mails chegam diariamente querendo o mesmo que você?

Portanto, se você escrever um texto muito grande, com informações demais, dificilmente o profissional vai parar para ler. E aí você já perdeu suas chances na largada.

Um bom texto de assessoria se dá de forma direta, em apenas 3 parágrafos, sendo 1 para apresentar quem é a banda (de forma objetiva), um outro para mostrar vantagens que sua banda tem relação a outras (como cases de sucesso, virais, vídeos viralizados, grandes lançamentos etc.) e por fim, um dizendo porque aquela mídia seria interessante na sua carreira.

3.Estreite o relacionamento com os profissionais de mídia

Como em qualquer relacionamento profissional, o networking é algo indispensável. Ou seja, manter bons relacionamentos com responsáveis por atividades que você pode vir a precisar em um futuro é encurtar processos e trabalhar de forma mais otimizada.

Não ache que o relacionamento com as mídias deve ser feito apenas quando você estiver interessado em conseguir algo. Vá além, invista em bons relacionamentos, proponha parcerias, gere valor para as mídias, para que depois, quando for preciso, você tenha a quem recorrer.

Mas aí surge a questão: como gerar esse valor? Não existem formas certas de fazer isso e sempre vale extrapolar na criatividade. O mais importante é se colocar no lugar dos outros e tentar entender o que seria valioso para ele.

Uma das formas de fazer isso é indo pessoalmente entregar seu presskit (veja no próximo tópico). Além de, é claro, trabalhar para que essa forma de divulgar seja diferente do comum. Também é possível pensar em permutas que podem ajudar a marca.

Por exemplo, aqui no Rock Startup, em todos os eventos que fazemos, nós realizamos permutas com o Cifra Club. Sabemos que eles querem estar em eventos legais e inovadores de música — pois isso tem tudo a ver com o negócio deles, isso gera valor para a marca deles. Em contrapartida, eu quero estar nas mídias sociais deles, quero fazer minha assessoria de imprensa lá. Com isso, fazemos a troca e todos saem ganhando!

4. Inove na montagem de seu presskit

Um presskit é  um conjunto de material de divulgação que sua banda terá de entregar para as mídias. Em sua forma padrão ele possui um release da banda, fotos, uma música de trabalho e todos os contatos presenciais e também nas mídias sociais. Toda banda que queira realizar sua própria assessoria de imprensa deve montar um desses.

Porém, utilize as vantagens de pensar fora da caixa! Use a criatividade para construir novas formas particulares de divulgar seu produto — levando sempre em consideração o contexto! Isto é, a forma de divulgação tem que estar em sintonia com a proposta de valor da banda.

Portanto, tenha em mente o conceito do trabalho que quer divulgar e busque maneira criativas, dentro dessa proposta, de se fazer ser ouvido e visto. Uma forma diferente, por exemplo, é investir em pen-drives personalizados que contenham a sua música e distribuir isso pessoalmente para os responsáveis pelos veículos.

Lembre-se: contratar um profissional é a melhor das opções, mas nem sempre é viável. Portanto, não deixe de realizar se não for possível investir nesse trabalho. Boa sorte e bom trabalho!

E ai, o que achou dessas dicas? Elas foram úteis para você e sua banda? Comenta aqui embaixo!

Padrão
Empreender na Música

Aumente suas chances de tocar em uma casa de show!

Já pensou por que sua banda dificilmente consegue tocar em uma casa de show? Já ficou puto ao imaginar que existe uma panelinha inquebrável na cena cultural da sua cidade? Pois é, acho que esse post pode te ajudar a olhar essa situação por uma outra perspectiva!

Uma das principais características de possuir uma cultura empreendedora é enxergar em todos os problemas uma grande oportunidade! Pode ter certeza que, qualquer empreendedor de sucesso com que você tiver a oportunidade de conversar, ele vai ter esse traço como característica.

Por isso, separamos 3 dicas para te ajudar a tocar em uma casa de show desejada:

1. Esteja na rua, marque presença!

Um dos erros mais comuns de músicos iniciantes e ou que estão começando na carreira autoral é achar que para fazer sucesso é necessário apenas ter uma boa música e esperar um grande produtor olhar para você. Errado!

Algo que percebemos fortemente em nossos festivais é que as bandas autorais novas não escutam o que é de novo na cidade! Ou seja, se você ficar em casa esperando que a sua vida na música aconteça do nada, pode desistir!

Muito do sucesso de uma banda está relacionado com o seu grau de atuação na cena que faz parte. Isso muda muito as coisas, principalmente por causa do networking (contatos). É assim que as portas se abrem e também é assim que se cria uma cena forte e unida! Por isso, ESTEJA PRESENTE, DÊ AS CARAS, DEIXE QUE TE CONHEÇAM! Pode ter certeza que quando todo o segmento se populariza fica mais fácil para todo mundo!


2.Invista em seu público

Você já pensou em inverter a lógica do processo? Ao invés de você depender de um local para tocar e só aí conseguir conquistar um público, por que não conquistar um público fiel e somente aí buscar uma casa de show?

Isso é super possível, principalmente em um cenário de redes sociais. Pensa no seguinte: como você virou fã da sua banda internacional preferida? Com certeza, pela forte comunicação e qualidade musical que você teve acesso a partir de várias mídias — e não por vê-la tocar ao vivo.

Isso ficou muito forte nos dias atuais, devido a liberdade que temos de produzir conteúdo. Por isso, tenha em mente qual mensagem você quer passar e corra atrás de fidelizar um público. Feito isso, é impossível não convencer qualquer lugar a receber sua banda — afinal, o que as casas querem é lotação!

3.Faça Parcerias, Empreenda na área

Está difícil de participar de festivais? Crie um!

O empreendedorismo, quando internalizado, é uma ótima maneira de encontrar soluções criativas para problemas comuns! É mais fácil atrair público e convencer uma casa de show de receber uma banda, quando se trata de um festival ou até mesmo de uma parceria entre várias bandas juntas!

Corra atrás de uma turma que está com o mesmo problema que você e produzam algo juntos! Essa força pode ser a grande oportunidade para a sua entrada definitiva na programação da cidade! boa sorte!

Gostou das dicas que demos a esse respeito? Tem alguma que você acrescentaria como sendo essencial? Comenta aqui embaixo.

Padrão