Empreender na Música

Como realizar uma passagem de som de forma profissional?

A passagem de som é um desses assuntos que estão super presentes na vida de um músico e nem sempre se vê sendo compartilhado. Por causa disso, resolvemos criar nesse post uma visão geral de como você banda pode otimizar esse tempo da melhor forma sem ter que gastar anos de estrada quebrando a cabeça até aprender com isso.

Afinal de contas, chegar com uma postura profissional logo de cara é a melhor forma de ganhar credibilidade e conquistar pontos com as casas de shows!

É fato que pode ser um pouco chato essa parte, já que a ansiedade para tocar é demais, porém essa é uma etapa essencial para que seu show seja perfeito e que você consiga demonstrar o seu melhor ao público.

Antes do Show

O sucesso de uma passagem de som começa bem antes do show. Uma banda organizada e que preza pela qualidade do seu trabalho, deve apresentar, no momento do fechamento do show, o rider técnico e o mapa de palco!

O rider técnico vai descrever todas as características técnicas de seu show, para que a casa possa cumprir exatamente o que você precisa para tocar com excelência. Nele deve conter a quantidade de integrantes na banda, uma tabela descritiva com todos os instrumentos e backline, como a banda fica disposta no palco e demais especificidades do show.

Já o mapa de palco, como o próprio nome sugere, é um mapa (um desenho em 3D ou não) que ilustra a sua banda no palco. O exemplo abaixo é o mapa de palco da banda Preto Massa. Confira:

Mapa de Palco – PRETO MASSA

Respeite seu técnico de som

No momento da passagem de som, que se for em um festival ocorre da última banda a tocar na noite para a primeira, é importante respeitar o comando do técnico de som responsável pelo palco. Se todos os músicos resolverem testar seus instrumentos vai acabar virando uma bagunça e ninguém vai conseguir passar o som direito. Por isso, atente ao que o técnico disser e mantenha a organização!

O cenário ideal

O cenário ideal para uma passagem de som é:

  1. Timbrar um instrumento por vez;
  2. Ajuste de retornos de acordo com a necessidade de cada um; Por exemplo: o baixo precisa do retorno do bumbo, então isso vai sendo ajustado, parte por parte;
  3. Não é aconselhável deixar o volume do palco alto, pois isso dificulta a vida do mixador;
  4. Confie no técnico que o som está chegando pro público, que aí você não precisa se preocupar em colocar o P.A em seu retorno.

Para esclarecer:

P.A: “public adress” é o som que a galera escuta do palco;

Monitor: é o famoso “retorno” e existe para que os músicos se escutem.

Padrão

Um comentário em “Como realizar uma passagem de som de forma profissional?

  1. Pingback: 4 profissionais dos bastidores de um show que você deve conhecer - Rock Startup

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *